Você sabia que um decreto de 2013 prevê que jovens entre 15 e 19 anos possam viajar de graça pelo Brasil? De acordo com a Secretaria Nacional da Juventude (SNJ),  quase 500 mil pessoas já são cadastradas no programa, porém o órgão estima que 15 milhões podem ter direito ao documento ID Jovem. 
 
 
O que é ID Jovem
 
A Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, é o documento que possibilita acesso a uma série de benefícios para jovens entre 15 e 19 anos pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do Governo Federal. O benefício vale mesmo para quem não frequenta escola ou universidade . 
 
Como tirar o documento
 
O documento pode ser emitido pelo site do programa ou pelo aplicativo ID Jovem. Basta digitar o nome da mãe, nome completo, data de nascimento e o número do NIS. O cartão, que é virtual, é gratuito e tem validade de 180 dias. Após esse período, será necessário emitir um novo documento, quando serão verificados novamente os requisitos para ser beneficiário da ID Jovem.
 
Quais os benefícios
 
O cartão pode ser usado para assegurar o pagamento de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e em transporte rodoviário, ferroviário ou embarcação de transporte interestadual de passageiros​​. 
 
Como viajar de graça com a ID Jovem
 
Assim como o projeto que garante passagens de graça para idosos, são reservadas por viagem, duas vagas gratuitas em cada veículo e outras duas vagas com desconto de, no mínimo, 50% no valor da passagem. O interessado deve ir ao guichê de venda, já que as empresas não são obrigadas a conceder o benefício na compra de bilhetes pela internet.  A reserva desses assentos destinados aos jovens deve ser feita até 3 horas antes da partida. 
 
O que fazer caso a empresa se recuse a dar o benefício
 
Caso a empresa se recuse a emitir a passagem, o jovem poderá fazer uma denúncia na ouvidoria da ANTT, pelo site ou pelo Disque 166.
Para isso, deverá solicitar à empresa de transporte uma justificativa formal da recusa por escrito, que deve constar a data, hora, local e motivo da recusa.