O brasileiro que deseja visitar a maioria dos países europeus como turista pode fazê-lo sem a necessidade de solicitar um visto. Porém, a partir de 2021, será preciso uma autorização prévia para que essa viagem aconteça. 
 
Confira o guia do Viajala com as principais dúvidas sobre o ETIAS e não tenha dor de cabeça ao viajar para a Europa. 
 
 
O que é o ETIAS? 
 
ETIAS significa Sistema de Informação e Autorização de Viagem. É uma autorização de viagem que a União Europeia criou para reforçar a segurança nas fronteiras dos países do chamado Espaço Schengen, área de livre trânsito entre países da Europa.
 
Quando o ETIAS é exigido?
 
Quando o viajante rumar para a Europa para viagens de lazer, viagens de negócios ou mesmo para fazer escalas. Ele não substitui o visto de trabalho ou de estudante.  
 
A partir de quando devo solicitar o ETIAS?
 
A Comissão Europeia comunicou que a autorização de viagem ETIAS será obrigatória a partir do final de 2021. 
 
 
Em quais países será obrigatório apresentar o ETIAS?
 
O ETIAS será obrigatório para entrar nos países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega , Holanda, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.
 
Cidadãos de quais países deverão solicitar o ETIAS?
 
Precisarão solicitar o ETIAS os viajantes provenientes de: Albânia, Andorra, Antígua e Barbuda, Argentina, Austrália, Bahamas, Barbados, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Brunei, Canadá, Chile, Colômbia, Coréia do Sul, Costa Rica , Dominica, El Salvador, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, Geórgia, Granada, Guatemala, Honduras, Hong Kong, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Israel, Japão, Kiribati, Macau, Macedônia, Malásia, Maurício, México, Micronésia, Moldávia, Montenegro, Nova Zelândia, Nicarágua, Palau, Panamá, Paraguai, Peru, Reino Unido, São Cristóvão e Nevis, Santa Lúcia, São Vicente, Samoa, Sérvia, Seychelles, Singapura, Taiwan, Timor Leste, Tonga, Trinidad e Tobago, Tuvalu, Ucrânia, Uruguai, Vanuatu e Venezuela. 
 
Menores de idade precisam solicitar o ETIAS?
 
Sim. Todos os viajantes que desejam visitar os países do chamado Espaço Schengen, incluindo menores de idade, deverão solicitar o ETIAS.    
 
Quanto custa o ETIAS? 
 
O custo da autorização será de 7 euros para maiores de 18 anos e deve ser pago com cartão de crédito ou débito. Menores de 18 anos são isentos da taxa. 
 
Como solicitar o ETIAS? 
 
O primeiro passo para solicitar o ETIAS é o preenchimento do formulário online, que deve constar as seguintes informações: nome completo, data e local de nascimento, endereço atual e dados do passaporte (número, data de validade, país de emissão, etc).
 
Também será necessário responder a uma série de perguntas sobre segurança e saúde: uso de drogas, histórico criminal, histórico de trabalho, informações sobre viagens anteriores à Europa, informações gerais de segurança, viagens a zonas de conflito, etc.
 
Quanto tempo antes da viagem eu devo solicitar o ETIAS?
 
O processo leva aproximadamente 10 minutos, mas, se for necessária uma revisão adicional, pode levar de 96 horas a 2 semanas. Por isso recomenda-se solicitá-lo com duas semanas de antecedência, no mínimo.
 
Devo solicitar o ETIAS sempre que viajo a Europa? Qual sua validade?
 
Não. O ETIAS é válido por três anos a partir da data de emissão ou até o vencimento do passaporte. No caso de vencimento do passaporte, uma nova permissão deve ser processada com o novo documento.
 
Qual o tempo máximo de permanência na Europa com ETIAS?
 
As regras de permanência na Europa com ETIAS são as mesmas de um visto de turista: 90 dias dentro de um período de 6 meses. Se a estadia tiver entre 90 e 180 dias, será necessário solicitar um visto nacional concedido em casos específicos, como estudo, trabalho ou residência permanente. 
 
Quais são os documentos necessários para solicitar o ETIAS? 
 
Os requisitos e documentos necessários para o ETIAS são: passaporte com validade entre 3 e 6 meses, cartão de crédito ou débito para pagar pela solicitação e um e-mail para receber a autorização depois de aprovada.
  
Devo imprimir o ETIAS?
 
Embora seja um documento digital, é aconselhável imprimir a autorização como comprovante.
 

 

Viajantes provenientes dos seguintes países