Maragogi é uma das melhores pérolas do litoral brasileiro. Aliás, todo o estado de Alagoas impressiona: tem provavelmente a orla mais bonita do país, com cenários quase caribenhos e um mar azul-turquesa inesquecível. Aqui nesse post nós reunimos as melhores informações sobre essa bela região alagoana, para você aproveitar muito e viajar em segurança em tempos de pandemia.

Onde fica Maragogi e como chegar lá

Maragogi se popularizou muito especialmente pela localização estratégica: ela fica a cerca de 130 quilômetros de distância tanto de Maceió, capital de Alagoas, no sentido Norte, quanto de Recife, capital de Pernambuco, no sentido Sul, numa viagem que dura entre duas horas e duas horas e meia saindo de qualquer uma dessas cidades, de carro.

Também é grande o fluxo que vem de Porto de Galinhas, no litoral Sul de Pernambuco - a viagem saindo de lá, de cerca de 90 quilômetros, demora normalmente uma hora e meia. A melhor forma de fazer esses trajetos é alugar um carro. Isso dá liberdade para escolher o horário de saída de cada cidade e até de fazer alguma parada estratégica em uma praia bacana no meio do caminho - e, acredite, há dezenas delas.

Quem não estiver de carro pode se locomover de ônibus de linha, de van ou contratar serviços de transporte com agências de viagem, que fazem os trajetos o tempo todo, especialmente na alta temporada.

Há, inclusive, opções de bate-volta, com ida e retorno no mesmo dia, saindo dessas cidades. Porém, a gente recomenda dormir no mínimo de uma a duas noites em Maragogi. São várias as razões que tornam esse um plano bem melhor:

- Dormindo lá, você consegue estar descansado para aproveitar o dia de praia, já que a viagem pode ser bem cansativa
- Quando você chega em Maragogi de excursão, você chega junto com toda a muvuca. O melhor de dormir lá é poder acordar mais cedo e curtir o local antes de todos os outros turistas.
- Há praias lindas em Maragogi e nos arredores que merecem ser conhecidas com calma. Fazer um bate-volta é corrido e limita demais o passeio.

O que fazer em Maragogi

A região tem atrativos bem populares que figuram na lista de qualquer turista. Aqui listamos alguns deles:

- Visitar as piscinas naturais
- Fazer passeios de buggy
- "Caminhar" no meio do mar
- Descansar na beira da praia
- Conhecer praias vizinhas

As piscinas naturais são o atrativo mais famoso de Maragogi, devido à limpidez da água e aos guias que oferecem comida aos peixes, que se aproximam para as fotos. As principais piscinas são: Taócas, Galés e Barra Grande. Os passeios são bem parecidos e não há necessidade de fazer os três: se tiver pouco tempo, escolha um e terá um bom resumo da atração principal.

É importante destacar que, para visitar as piscinas naturais no seu auge, a maré precisa estar no seu nível mais baixo. Se a maré estiver alta, é provável que o passeio não valha a pena. Opte por fazê-lo outro dia, e confira a tabela das marés para tomar a melhor decisão.

O segundo atrativo popular são os passeios de buggy, procurados por muita gente. Porém, a sua prioridade na hora de fazer um roteiro na região vai depender do que você mais gosta de fazer em viagens, e também do que você já conheceu no Nordeste, já que algumas opções são corriqueiras em outras praias: os passeios de buggy também são estrela em Natal e Aracaju, por exemplo.

Se você já fez passeios de buggy pela região, pode optar por ocupar o dia com algo que nunca tenha feito, para aproveitar seu tempo ao máximo. A nossa recomendação é curtir com calma o azul único do mar alagoano, difícil de encontrar em outros pontos do litoral brasileiro, e aproveitar um dia de descanso na praia para "caminhar" sobre as águas.

Durante a maré baixa, formam-se "crôas", bancos de areia em alguns pontos que abrem "fendas" no mar de até um quilômetro, com a água batendo apenas na canela. A sensação de estar caminhando mar adentro é maravilhosa e a vista que se tem desses pontos é impressionante. Mas é importante ter cuidado: quando a maré começa a subir, é hora de voltar para a beira da praia. A alta das marés acontece muito rápido e pode pegar alguém que passeava pela fenda totalmente desprevenido.

Quais são as melhores praias de Maragogi e como se isolar

Maragogi é um dos destinos mais populares do Brasil, o que significa uma probabilidade alta de brigar pelo metro quadrado de água nas piscinas ou de areia na beira da praia, especialmente na alta temporada, entre dezembro e fevereiro. De qualquer forma, há algumas dicas para encontrar praias mais desertas e fugir de aglomerações:

1. Evite regiões de grandes resorts e procure por pousadas menores, com capacidade para menos gente. Outra opção é buscar casas de temporada, que garantem ainda mais isolamento.
2. Evite a região central, entre Maragogi e Barra Grande, que é a mais popular por ter piscinas naturais e muito mais estrutura para turistas. Praias vizinhas como a praia de Antunes e cidades ao redor, como Japaratinga, costumam ter menos movimento.
3. Viaje na baixa temporada e, preferencialmente, durante a semana. Nos fins de semana, todos os locais costumam lotar mais.
4. Aproveite as praias cedo de manhã, antes da chegada das excursões, ou no comecinho da tarde, quando a maioria dos turistas está nos passeios das piscinas naturais ou almoçando.

Melhores restaurantes em Maragogi

Maragogi tem muita comida boa, mas tem um inconveniente: não há um centrinho gastronômico acessível a pé, nem uma região de restaurantes conhecidos. Os bons restaurantes costumam ficar nas pousadas e normalmente exigem reserva de não hóspedes.

Na parte mais central de Maragogi, os mais recomendados são o da Pousada Camurim Grande e o restaurante Tuyn, da pousada Praiagogi, que costumam servir almoço e jantar. Em Antunes, o restaurante da pousada Rangai aceita não hóspedes apenas para o almoço.

Na vila de Maragogi, são boas opções o Russo Gastrobar e o Meraki Beach.