Passagens aéreas ITA Transportes Aéreos

Bom
3.5 / 5 (226 Avaliações)
Check-in e embarque
Limpeza
Atendimento ao cliente
Entretenimento a bordo
Comida e bebida
Espaço para pernas
Custo-benefício
Conforto do assento

Sobre a ITA Transportes Aéreos

A ITA Linhas Aéreas foi uma companhia aérea brasileira, pertencente ao Grupo Itapemirim, de transportes rodoviários, que contou com US$ 500 milhões de investidores dos Emirados Árabes Unidos e dos Estados Unidos, além de capital brasileiro.

Seu voo inaugural foi em junho de 2021, mas a empresa suspendeu todas as atividades em apenas seis meses, em dezembro de 2021, e perdeu o registro na ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). A falência da empresa foi decretada em 2023.

É importante não confundir a Viação ITA com a companhia aérea estatal italiana ITA Airways, que substituiu a Alitalia em 2021 e continua operando voos para a Europa. Se você está procurando voos com a companhia italiana ITA, clique aqui.

Perguntas e respostas para planejar voos com a ITA Transportes Aéreos

Quanto tempo durou a ITA?

A empresa aérea ITA foi fundada em 2020, começou a operar na metade do ano de 2021 e deixou de operar no mesmo ano, em dezembro. A ITA durou 3 anos, entre sua fundação e sua falência, em 2023, mas operou por apenas 6 meses.

O que aconteceu com a empresa aérea ITA da Itapemirim?

A empresa aérea ITA da Itapemirim não existe mais. A empresa suspendeu as operações em dezembro de 2021, cancelando dezenas de voos e deixando inúmeros passageiros sem resposta. Sem conseguir pagar os credores, a empresa perdeu o registro da ANAC no mesmo ano e sua falência foi decretada em 2023.

Por que procurar ofertas de ITA Transportes Aéreos dentro do Viajala?

Como metabuscador de voos e hotéis, o Viajala permite que você compare as melhores ofertas de voos da ITA Transportes Aéreos para que identifique qual prefere: a da companhia aérea ou a de alguma agência de viagens. Assim, você pode fazer a reserva diretamente com o provedor de sua escolha.

Como entrar em contato com a Viação ITA para pedir o dinheiro de volta?

Como a empresa ITA teve sua falência decretada em 2023, isso dificulta o pagamento de dívidas. O recomendado para que passageiros consigam seu dinheiro de volta é através de um advogado.